segunda-feira, 29 de maio de 2017

Mapa da Polônia de 1570


Mapa polaco de 1570 mostrando as áreas de cidades no ano em que a Polônia já não era mais Reino, visto que, em 1530, pelo acordo de Lublin, tinha sido criada a República das Duas Nações Polônia Lituânia.
A Polônia naquele ano se transformou na primeira República do mundo pós-renascença.
No canto inferior esquerdo vemos os algarismos romanos que datam MDLXX, o que corresponde ao ano de 1570.

Clique neste link para ver este mapa em grande formato e com os nomes da cidades mais visíveis


A precisão é surpreendente. No canto inferior esquerdo, em latim está o nome do autor, o cartógrafo, "Authore Venceslao Grodecio Polono", ou seja, Wacław Grodecki Radwan (pronuncia-se Vatssúaf grotsqui dvan).


Grodecki Radwan nasceu por volta de 1535.
Como esta impressão é de 1570, o autor tinha na época 35 anos de idade, e segundo estudiosos, a impressão, na verdade, é uma cópia de um mapa que tinha sido publicado em 1558.

Em detalhes, veja abaixo, algumas regiões:

A foz do rio Vístula, Gdańsk e a península de Hel, ao Norte.



E assim se apresentava a Małopolska. Pode-se ver no centro, Cracóvia Tarnów mais à direita.



Na parte central do mapa da Mazóvia está Varsóvia, que se tornou capital da República, apenas em 1596.




E a Volínia, região que atualmente está no território da Ucrânia (república criada em 1922, por Lênin). No canto inferior esquerdo, está a cidade polaca de Lwów, que os ucranianos renominaram para Lviv.




A VERDADE
Ucranianos encontram este mapa, abaixo, datado de 1648, na Internet, e tentam justificar que a atual República da Ucrânia já existia há séculos.
Buscam esconder com isso que o país só foi criado em 1922, pelo russo Vladimir Lênin, como República Socialista Soviética da Ucrânia. E também esconder, que antes desta data, este valoroso povo, vivia em terras do Reino e depois República da Polônia (ocupada ou não) como rutenos que são. Sua nação está registrada em livros do Vaticano, na idade média e após, como Rutênia.
Também buscam ocultar que o famoso Principado Kievano (de Kiew) do século 10 foi criado não pelo povo ruteno, mas pelo guerreiro Oleg, um viking e suas hordas vindas das terras da Escandinávia.
E escondem, que parte dos rutenos, que se negaram, em 1922, a trocar o nome da nação e do gentílico - Rutênia e Ruteno - são tratados como um minoria étnica, no sudoeste do atual território da Ucrânia, e mais: como se fossem outro povo. 

MAPA DA POLÔNIA DE 1648
O mapa, abaixo, foi uma encomenda da República da Polônia ao militar francês Guilherme le Valseur de Beauplan.

Como aparece na legenda a palavra polaca Ukraina, os atuais ucranianos tentam justificar uma existência anterior do país a 1922.

Na verdade, no idioma polaco, a palavra Ukraina significa Campos Desertos, conforme atesta a legenda escrita em latim: "Projeto Geral dos Campos Desertos, vulgo Ucrânia, com províncias adjacentes. Bem público criado por Guillaume le Valseur de Beauplan. S.R.M. Arquiteto militar e capitão".



Postar um comentário