quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Polacos de Cruz Machado

A jornalista Ana Johann, embora descendente de alemães, é de Cruz Machado, munícipio no Sul do Paraná, que já foi a maior colônia polaca em área territorial do Brasil. Documentarista formada na escola de cinema de Barcelona, ela voltou para casa com uma idéia na cabeça: fazer um documentário sobre a localidade onde nasceu. E fez "de tempos em tempos".
Na apresentação de seu filme Ana Johann diz que "Há alguns anos a imigração vem sendo o foco de muitos documentários. A abordagem é quase sempre para a história. Mas visitando e convivendo com esses povoados percebe-se que a maioria, desde os mais velhos até os mais jovens sabem pouco da sua história, até por que a história está marcada em cada célula e cada traço do corpo. São portadores móveis da sua descendência que se modifica de tempos em tempos, quando vai se misturando a outras raças e incorporando outras geografias."
De acordo com a diretora "não se trata de resgatar a história dos polacos no Paraná, mas sim documentar um povoado que sofreu grandes influências e continua carregando nas veias a sua raiz, que ora têm orgulho da sua genealogia, ora têm vergonha das suas casas por que são construídas de madeira em estilo polaco e não de alvenaria como gostariam; que sabem falar a língua polaca (e alguns dizem que é um polaco caipira por que não é igual ao da Polônia), mas que às vezes ficam acanhados por falarem errado o português; que sentam em roda do fogão para tomar chimarrão (hábito que vem da cultura indígena) e relembrar os velhos tempos, e outros momentos não querem falar dessa época que foi sofrida".
O filme já participou de alguns festivais e até foi repetido duas vezes na programação do canal TV Futura da Fundação Roberto Marinho. Quem tiver oportunidade de ir até a cidade histórica da Lapa (60km de Curitiba) poderá assistí-lo no Festival de Cinema da Lapa, que acontece de até 9 de setembro. Quem quiser comprar o DVD com o filme, basta entrar em contato com a diretora no email:
anajohann@pop.com.brPara maiores informações sobre o filme "de tempos em tempos" visite http://www.cinemanacional.com.br

P.S. 1 Posso garantir, depois de ter assistido, que o filme é belo!!! É de uma poesia de imagens, de gente e de palavras poucas vezes visto. E sabe, que emociona!!!
P.S. 2 Na foto, a diretora / roteirista Ana Johann e o pesquisador/produtor Marcos Freder.
Postar um comentário