sábado, 11 de agosto de 2007

Eleições antecipadas

O primeiro-ministro Jarosław Kaczyński anunciou neste sábado que pode convocar eleições parlamentares antecipadas para outubro. Com o desacerto na coalização de direita que governa o país, os gêmeos Kaczyński (Lech é o presidente da República) não vêm outra saída do que antecipar, em dois anos, as eleições de novos deputados. A imprensa européia, não deixou por menos, e noticiou que o conservadorismo de extrema direita do governo polaco está por um fio. A TVE espanhola chegou a dizer que o governo Kaczyński é um retrocesso na União Européia e que os gêmeos estão sempre na contramão das decisões dos outros 26 países. Uma pesquisa de opinião destacou que 80% da população polaca aprova a antecipação. Mas para que isso aconteça é necessário que o atual parlamento se autodissolva.
Postar um comentário