segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Putin não reconhece Katyń


No dia do lançamento oficial do filme de Andrzej Wajda sobre o massacre de Katyń, o presidente russo Vladimir Putin "não reconhece assassinatos em Katyń pelo exército vermelho". A afirmação é do dissidente russo Władimir Bukowski. O dissidente disse a imprensa polaca neste domingo que apelou a Putin para que mude o conceito negativo nas páginas da história russa. Uma delas seria aceitar que o exército russo matou 40 mil oficiais polacos em Katyń. A apresentação, fora de concurso, do filme de Wajda é hoje no Festival de Gdynia.
Postar um comentário