segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Bagatela de Cracóvia faz 90 anos


Foto: Michal Lepeck

O famoso Teatr Bagatella de Cracóvia está completando 90 anos. Ícone da população cracoviana, que faz de seu hall de entrada ponto de encontro para assistir seus espetáculos. Mas não só! Nas suas imediações a população marca para se encontrar para seguirem para suas noitadas, seus jantares e seus passeios.
Sua arquitetura inconfundível no cenário renascentista da cidade e sua grande tela de anúncios são marcas registradas de Cracóvia. Não bastasse isso, pelos seus palcos desfilaram os grandes nomes do teatro da Polônia ao longo das últimas nove décadas.
Para as comemorações, no sábado, estreiou o musical "Dwa razy tak" cujo tema são os 50 anos de uma vida conjugal. Dirigido por Karolina Szymczyk-Majchrzak, o espetáculo tem cenas de comédia, dança e canto. No elenco as atuações de Kamila Klimczak e Marcin Kobierski. Após o espetáculo houve sorteio de prêmios e brindes aos funcionários do teatro.
Ainda comemorando o aniversário no Klub Loja, no Rynek, foi aberta a exposição "Atrizes" , com fotografias das atrizes do Bagatella de autoria de Wojciech Plewiński, Znigniew Łagocki Zbigniew e Piotr Kubica.
Fundado há 90 anos por Marian Dąbrowski, magnata da mídia, dono dos jornais mais rentáveis da época, como por exemplo o jornal "Kurier Illustrated". Dąbrowski também era conselheiro municipal e um patrono das artes. O Bagatella criado por ele seria um teatro de entretenimento de alto nível, para contrapor-se ao aristrocrático teatro da ópera Juliusz Słowacki. Segundo a lenda, o nome do teatro surgiu - por acaso - de acordo com o patrono atual dao teatro Tadeusz Żeleński. "Dąbrowski olhou para cima e pediu que lhe inspirassem um nome. Ele suspirou e a palavra surgiu bagatela!
Ao longo do tempo seu nome seria alterado algumas vezes, para Kinoteatr Scala, Teatr Młodego Widza e Rozmaitości, mas Żeleński ao assumir sua direção nos anos 70 retomou o antigo e primeiro nome.
Postar um comentário