terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Cracóvia - cidade dos festivais.

Foto: Mateusz Skwarczek

Cracóvia além fantástico turístico e cultural de sua cidade e arredores tem se notabilizado neste início de terceiro milênio por abrigar mais de uma dezena de festivais, na sua maioria na área da música, sem que esqueça do cinema, artes plásticas e folclore.
O World Music Festival, dedicado aos instrumentos musicais (em oposição a Unsoundu) custou aos cofres municipais exatamente 0 zł (zero złoty); pois a maioria das estrelas chegaram para o Jazz Cracóvia de Outono e o Off Off Festival custeados pelos Klub Alchemia Klub Re e, finalmente, foi realizado um grande concerto da banda New York Balkan Beat Box, no final do Festival da Cultura Judaica.
Mas foi o Selector Festival a maior sensação musical de 2009, em Cracóvia. Apesar de ser apenas a primeira edição, o evento tem sido reconhecido em enquetes internacionais. Foi nominado para o prestigiado Festival de Prêmios do Reino Unido e da primeira edição do European Festival Award), para o polaco Nocny Marek dla Alter Artu. A "New Musical Express", elogiou-o como um dos eventos musicais mais interessantes da Europa continental, já que encantou mais de 10 mil pessoas no Park Błonia e isto já na primeira edição.
Além do Selector, Cracóvia também teve o lançamento da primeira edição do Festival de Knock Out Apocalyptica, Testament, Anathema, Meshuggah e Hatesphere. Em contraste com seu antecessor, o Knock Out Festival, é cem por cento independente, financiado com fundos privados.
Adicione a isso o sucesso que foi o Coke Live Music Festival, Lenny Kravitz em na Wianki (festa do solstício), Aphex Twin e a Cinematic Orchestra no Sacrum Profanum.
No ano que se encerrou também favoreceram enormemente os shows em clubes e discotecas. Os organizadores da Agência Factory Productions tomaram conta do cenário musical noturno da cidade. Graças a eles foi possível assistir e ouvir ao vivoGogol Bordello, Kilimanjaro Darkjazz Ensamble, Paradise Lost, Fucked Up, Editors, Therapy?, Skye Edwards, IAMX, Archive, Nouvelle Vague, God is An Astronaut, Nnekę, Sisters of Mercy.
A Agência de Concertos Front Row Heroes liderada por Ciprian Bus trouxe a primeira heroína da noite, a vocalista canadense Basia Bulat de origem polaca.
O Festival da Canção Estudantil, que revelou grandes nomes da música da Polônia continua suas edições, mas infelizmente já não revela novos talentos como Gregorz Turnau (para dar um exemplo). Talvez o formato e a repercussão precisem ser reformulados.
Algumas das melhores realizações de 2009:
Concerto do Ano: Arquivo no Studio Club Nouvelle Vague na Rotunda
Festival do Ano: Unsound
Gravação do Ano: Wu-Hae "Opera Nowohucka"
Ano de estréia: Bad Light District "simplificações"
Clube do ano: Re - a teimosia e ambição.
Postar um comentário