quinta-feira, 4 de março de 2010

Capoeira do Paraná em Poznań


O jornalista polaco Robert Domzal, que escreve em jornais da voivodia da Wielkopolska sobre a parceria entre as cidades de Poznań e São José dos Pinhais. As duas cidades irmãs criaram cada uma, comitês de geminação, ou seja de cidades gêmeas e o intercâmbio tem funcionado regularmente. Já estiveram em São José dos Pinhais missões universitárias e empresárias e em Poznań já passaram alunos de música e professores de dança. Agora é a vez de um instrutor de capoeira.
Domzal escreve que, alunos do Liceum Geral Estudantil em Puszczykowo estudam capoeira, uma espécie de dança e luta brasileira. o instrutor é Robson Pinheiro, faixa marron, conhecido como Duende e um dos 10 melhores em sua categoria.
Segundo Tomaz Morawski, diretor do setor de promoção da Prefeitura em Poznań, Pinheiro chegou a Polônia a convite da cidade polaca pelo acordo de cooperação com o
brasileiro município de São Jose dos Pinhais.
No Brasil, a capoeira é praticada por aproximadamente 20 milhões de pessoas, Há vários anos está ficando cada vez mais popular na Europa. A estada na Polônia para Robson Pinheiro, em primeiro lugar tem o objetivo de popularizar esta arte de luta.
Mestre nesta arte conhecida pelo toque dos instrumentos e a simultaneadade dos movimentos da luta, Pinheiro, recomenda que é necessário no mínimo de dois a três anos de fundamentos para se atingir a primeira faixa. Assim aconteceu com o próprio Robson Pinheiro.
A capoeira é uma arte de luta com aproveitamento de elementos da dança. E uma maravilhosa forma de movimentos, que ajuda no equilíbrio e também ensina os elementos de autodefesa.
No Brasil, ele também trabalha com a juventude de periferia, a qual graças a capoeira se apresentam ricamente. O Brasileiro também está lecionando sua arte para o grupo de Mosina.
Postar um comentário