quarta-feira, 17 de março de 2010

Cardeal Dziwisz repreende Padre Natanek


O Cardeal metropolitano de Cracóvia, Stanisław Dziwisz repreendeu o padre de extrema-dieita e ultranacionalista, Piotr Natanek. Famoso por seus rompantes discursos no púlpito das igrejas e nos microfones da Rádio Maria. Natanek prega a conversão dos judeus e por exigir do governo polaco que reconheça Jesus Cristo como Rei da Polônia.
Natanek, por sua posição ultraconservadora tem sido convidado para celebrar missas e dar palestras no exterior. Já esteve na Inglaterra e Estados Unidos pregando o fim dos símbolos maçônicos, a conversão dos judeus ao Cristianismo e que todas as posses de presidente, primeiro-ministro, presidentes do senado e da câmara sejam feitas diante de um monumento de Jesus Cristo, a ser construído em Varsóvia.
A Cúria de Cracóvia Curia, ano passado criou uma comissão teológica para examinar se a tese proclamada pelo padre Natanek são coerentes com os ensinamentos da Igreja. Descobriu-se que não. Mas nenhuma atitude foi tomada. Agora diante da quantidade de emails e cartas que o Cardeal Dziwisz tem recebido, o ex-secretário particular do Papa João Paulo II resolveu se manifestar e censurando as palavras, ações e discursos do padre da pequena cidade de Grzechyn próxima a Maków Podhalański.
Postar um comentário