sábado, 6 de março de 2010

Expedição resgate de tradições musicais

Ano passado um grupo de estudantes de música das Universidades Adam Mickiewicz de Poznań e de Wrocław estiveram no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Sob coordenação da Prof. dr Hab. Bożena Muszkalska vieram em busca das raízes musicais dos imigrantes polacos. Durante quase dois meses colheram depoimentos e registraram suas passagens por Curitiba, São José dos Pinhais, São Mateus do Sul, Aurea, e São Bento do Sul, além de Foz do Iguaçu. No vídeo abaixo mostraram brasileiros que ainda conservam muitas das tradições polacas trazidas por seus ancestrais. Uma delas, o ato de ainda falarem no idioma polaco. Falar que muitas vezes denuncia um biliguismo e a criação de palavras que não se encontram nem no idioma polaco, nem no português. Característica do processo de assimilação e adaptação cultural que sobrevive depois de várias gerações.


O grupo de estudantes de doutorado e mestrado em música era composto de Stanisław Annusewicz, Renata Chunderbalsingh, Gabriela Gasek, Agata Klonecka, Filip Lutowski, Michał Pieczka, Tomasz Polak, Łukasz Smoluch e Sônia Eliane Niewiadomski (brasileira de Cruz Machado e estudante do curso de Letras-Polaco da UFPR, que acampanhou o grupo durante toda a expedição) .

Postar um comentário