quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O Szara de Cracóvia, bar e restaurante

Foto: Ulisses Iarochinski
Szara Restauracja (Restaurante Cinza) está localizado em um dos maiores prédios do Rynek Główny (Praça do Mercado Central) nrº. 6, de Cracóvia.
O edifício é do século XIV, construído a partir da fusão de dois prédios residenciais separados.
Em fevereiro de 1574, Piotr e Samuel Zborowski realizaram uma cerimônia para a coroação do rei Henryk III Walezy (o francês Henrique III de Valois).
Nos anos de 1747-1772, viveu aqui Marcin Oracewicz, e em 1787, os Żeleński ofereceram jantar em homenagem ao rei Stanisław August Poniatowski (ultimo rei eleito da Polônia).
Desde a segunda metade do século XVI esteve na posse das famílias Zborowski e Zebrzydowski. No século XVIII pertenceu à família Żeleński. Na fachada do edifício há duas placas memoriais.
Uma informa que o herói de dois mundos (Polônia e Estados Unidos da América) o general Tadeusz Kościuszko residiu aqui durante a revolta de 1794 , e a segunda placa informa que foi sede do Governo Nacional durante o levante de Cracóvia em 1846.
Em 1853, o novo proprietário do prédio, Stanisław Feintuch, mudou seu sobrenome para Szarski e abriu no salão gótico, no piso térreo, uma loja e um armazém no quintal. Henryk Szarski, filho de Stanisław, nos anos 1907-1913 reformou e reconstruiu parte do edifício.


O interior da loja no térreo e os vitrais policrômicos foram projetados pelo artista Józef Mehoffer. Inicialmente a loja vendia de tudo: café, tijolos, pão, vernizes, mas com o tempo, a empresa evoluiu para uma loja colonial conhecida "Szarski e Filho" .
A “Szarski e Filho" começou a definhar durante a Segunda Guerra Mundial quando os alemães retiraram o frontispício do edifício. Nos três anos, que antecederam o jubileu do 100 º aniversário, em 1950, os proprietários Jan Szarski e Stanisław Szarski decidiram fechar a empresa por causa de impostos gigantescos, taxas nada razoáveis.
Antes da Segunda Guerra Mundial, o edifício foi também sede local do Partido Nacional e da Juventude Polaca. Em 2009, a policromia dos vitrais foi restaurada. O prédio manteve o portal colunar do século XVII, a policromia abóbada do teto gótico no térreo e nos pavimentos e também as vigas de madeira decoradas com policromia.
O edifício foi tombado pelo Registo de Monumentos de Cracóvia em 1936. Atualmente, a Szary Kamienica (Edifício cinza) é propriedade da Fundação "Grey House - Szara Kamienica", que foi criada no início dos anos 90, com vistas a abrigar um restaurante neste prédio histórico.
A Fundação realizou uma grande renovação do prédio. Ele abriga agora salas de escritório (por exemplo, o British Council ), residências e no piso térreo, além do restaurante Szary também boutiques no lado da rua (ul.) Sienna e um bar no porão.

Postar um comentário