quinta-feira, 9 de março de 2017

Donald Tusk é reeleito presidente do Conselho Europeu

Donald Tusk é do partido PO - Plataforma Cívica
O único voto contra foi do governo de ultradireita que comanda a Polônia.

Uma eleição quase unânime, com os votos favoráveis de 27 estados-membros e um detalhe curioso: o único voto contra foi da própria Polônia, o país de Donald Tusk, que apresentou candidato alternativo.

Durante a reunião, de acordo com fonte diplomática, a primeira-ministra polaca, Beata Szydło, propôs que o candidato escolhido teria obrigatoriamente de ter o apoio do seu país, o que foi rejeitado, e tentou, também sem êxito, que os líderes europeus ouvissem o candidato apoiado por Varsóvia, o também polaco e eurodeputado Jacek Saryusz-Wolskien (do bloco da extrema-direita europeia). 

A presidência do Conselho Europeu é um cargo criado no Tratado de Lisboa em 2009, tendo sido ocupado pela primeira vez e por dois mandatos pelo belga Herman Van Rompuy. Tusk substituiu Van Rompuy em 2014.

Donald Franciszek Tusk, nasceu em Gdańsk, 22 de abril de 1957. Está filiado ao PO - Platforma Obywatelska (Plataforma Cívica), partido democrata-cristão de centro-direita.
Tusk venceu as eleições legislativas antecipadas de 21 de Outubro de 2007 e tomou posse como primeiro-ministro da Polônia em 16 de Novembro do mesmo ano. Manteve-se no cargo até ser anunciado em 30 de agosto 2014 como presidente do Conselho Europeu para mandato de 1 de dezembro 2014, até 31 de maio de 2017. Com sua reeleição Tusk continuará a ser o principal dirigente polaco na esfera europeia até 2019.

O Conselho Europeu é composto pelos mandatários (presidentes, primeiro-ministros, reis) dos países membros da União Europeia
Postar um comentário