sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Biskupin: a origem dos polacos

foto: Museu Nacional de Biskupin
A origem do povo polaco segundo, muitos arqueologistas, estaria na idade do Bronze. A Cultura Luzácia, seria a mãe dos proto-eslavos, conseqüentemente dos eslavos e dos atuais polacos. Mas tarde, os celtas, teriam andado pela mesma região e deixando influências. Escavações realizadas em 1934, pelos arqueológos Józef Kostrzewski e Zdzislaw Rajewski da Universidade de Poznan, encontram fortificações a 40 km de Gniezno (primeira capital do Reino da Polônia). Em 1939, já haviam sido escavados 2500 m². Mas aí veio a segunda guerra mundial e os alemães invasores, tornaram o local parte da Alemanha Nacional - Warthegau. Para justificar (talvez) que aquelas terras sempre foram alemãs, cientistas da Universidade de Leipzig liderados por Gustaf Kossinna passaram a afirmar que a cultura Luzácia era a origem dos germânicos e não dos eslavos. Até o nome de Biskupin, os nazistas mudaram. Passou a ser chamado de "Urstädt". Os alemães em sua retirada inundaram as escavações, o que ironicamente acabou preservando as paliçadas de madeira da idade do bronze, que os arqueólogos polacos tinham posto a descoberto em 1934. Kossinna, que foi professor de Koztrzewski se baseava nas teorias do alemão Rudolf Virchow, que afirmava serem os Luzácios, o povo do qual se originaram os alemães atuais. Porém, o polaco, na sua contestação não ficou sozinho contra seu professor, pois os arqueólogos tchecos Píć, Niederle e Ćervinka, além dos polacos Majewski e Kozłowski sustentaram que os Luzácios eram Proto-eslavos e não germânicos, como queriam os nazistas, para justificar a invasão da Polônia.

Divergências arqueológicas a parte, Biskupin, é um local impressionante para visitação. Desde 1974, quando o local foi recuperado e se transformou em unidade do Museu Nacional da Polônia, milhares de pessoas já puderam comprovar como era a vida dos polacos há mais de 3000 anos. A idade do bronze acabou na Polônia em 700 a. C. Mas descobertas recentes apontam que o "bronze" continuou pelo menos até 500 a.C. já em plena idade do ferro.Biskupin fica a 40 km de Gniezno, 60 km de Bydgoszcz e 280 km de Varsóvia. Pode-se ir de trem, ou ônibus.
Postar um comentário