sábado, 12 de dezembro de 2009

Opłatek - confraternização polaca


Os polacos comemoram a Vigília do Natal com a partilha do pão ázimo, ou como é conhecido na Polônia, o Opłatek (pronuncia-se opúaték).

A cerimônia costuma ocorrer nas residências das famílias. Antes da cena que antecede a vigília e ao redor da mesa servida e adornada com a choinka (rroinca - árvore de natal) e o presépio, todos aguardam o aparecimento da primeira estrela no céu. Nesta época costuma escurecer na Polônia por volta das 4 horas da tarde. Normalmente o chefe da família, o pai, ou na ausência deste a mãe, faz uma oração e distribui o Opłatek (óstia não consagrada na igreja e a venda e todos os quiosques e lojas de artigos natalinos).
Todos os integrantes da família, oferecem-se uns aos outros a óstia. Cada um quebra um pedacinho da óstia do outro e come. Partilham assim o pão, perdoando-se e desejando votos de Feliz Natal.
Após a cerimônia da partilha do pão e ao som das Kolendy (cantos natalinos), todos se sentam à mesa, repleta de 12 pratos, cada um represetando um apóstolo de Jesus Cristo. Não se come carne na vigília natalina polaca. Apenas peixes (na maior parte das casas o peixe preparado assado, cozido em saladas, em sopas e frito) é a carpa. Tem muito pierogi (de ricota com batata, de repolho com cogumelos e de frutas silvestres).
O significado da partilha do pão está, sobretudo, no perdão mútuo e na confraternização entre os membros da família e da comunidade. O profundo conteúdo da partilha do Opłatek nasce no mistério central do cristianismo, a Eucaristia, chamada a Partilha do Pão.
Se na Polônia esta cerimônia é quase obrigatória, entre os descendentes de polacos no Sul do Brasil, especialmente, a tradição tem ganhado a cada ano que passa mais adeptos. Curitiba costuma celebrar a cerimônia nos clubes sociais e entidades folclóricas.
Nas demais cidades sulistas, cada entidade folclórica reúne a comunidade de origem polaca e a celebra. Em São Mateus do Sul, a tradição vai ser relembrada no domingo 20 de dezembro no CEPOM, na Rua Atonio Bisinelli, s/n, na Colônia Iguaçú, às 11:30 HORAS.
Os organizadores pedem que os interessados em participar devem levar um prato doce, saladas ou salgado, menos carne vermelha.
Em Curitiba, o Opłatek pode ser comprado na igreja Santo Estanislau, na rua Emiliano Perneta e no Bosque do Papa João Paulo II.
Postar um comentário