segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Abertura do Ano Chopin no Brasil


A 28ª Oficina de Música de Curitiba entra em seu segundo dia de atividades. Mais de mil e quinhentos alunos participam de mais de 80 cursos com 60 professores brasileiros e estrangeiros.
Além das salas de aula, professores, no período da noite, realizam concertos. Na noite desta segunda-feira, no espaço cultural da Capela Santa Maria, o pianista polaco Jan Krzysztof Broja inaugura o 2010 - Ano Chopin no Brasil. O Ano, uma iniciativa da Unesco teve sua abertura, na última quinta-feira em Varsóvia, no Teatro da Filarmônica Nacional, com a exibição do pianista chinês Lang Lang. O Ano já tinha sido inaugurado na noite de primeiro de janeiro de 2010. O ministro polaco da Cultura, Bogdan Zdrojewski, dizendo que haverá por todo o mundo 2000 iniciativas, 1200 das quais na Polônia. também Waldemar Dąbrowski, que já foi ministro da Cultura, declarou que as comemorações não têm como objetivo popularizar a música de Chopin, pois "esta não precisa de ser popularizada", mas destinam-se a "apresentar ao mundo a imagem da Polônia de hoje através da música de Chopin". Será a maior campanha de promoção da Polônia de hoje", "maior do que a organização do Euro 2012 de futebol que só dura algumas semanas", acrescentou em declarações à rádio polaca. Por todo o mundom estão previstas 2000 iniciativas comemorativas, incluindo concertos e recistais de música clássica, jazz, blues e rock, além de bailado, exposições, espetáculos de teatro, filmes e desenhos animados. Os momentos significativos da comemorações do Ano Chopin, na Polônia, serão em Agosto, com o festival internacional "Chopin e a sua Europa". O XVI Concurso Internacional Chopim, de 2 a 23 de Outubro, um acontecimento quinquenal com imenso prestígio, este ano será acompanhado de numerosos recitais e concertos excepcionais. O site www.chopin2010.pl contém informações pormenorizadas em diferentes línguas. Depois de ter vivido na Polônia até aos 20 anos, Fredyryk Chopin deixou o país natal, em Novembro de 1830, antes da insurreição polaca contra a Rússia, e instalou-se primeiro em Viena e depois em Paris, onde morreu aos 39 anos, em 17 de Outubro de 1849.

No Brasil
Curitiba, portanto, é a segunda cidade no mundo a iniciar as comemorações dos 200 anos de nascimento do compositor e pianista polaco Fredyryk Chopin, justo ela, que é considerada a segunda maior concentração da etnia polaca fora da Polônia.
No recital desta noite, Broja apresenta 24 Prelúdios de Chopin. O concerto começa às 20:30 horas, na Capela Santa Maria, Rua Conselheiro Laurindo, Ingressos a R$ 10, ou R$ 5 mais 1 kg de alimento não perecível.

Jan Krzysztof Broja nasceu em Varsóvia, em 1972, e é um ganhador de competições internacionais, em Vilno, Hanau, (1989), New Brunswick (1991), Bucareste (1995) e Pasadena (2002). Estudou música em Frankfurt, Hannover e Varsóvia, e logo após seu sucesso em Vilno, em 1999, fez sua estréia internacional, no Grande Salão do Conservatório Tchaikovsky, de Moscou. As temporadas seguintes o levaram para as salas de concerto da Europa Oriental, na Rússia, Ucrânia, Lituânia, Polônia e Iugoslávia. Sua participação na Filarmônica de Varsóvia, na temporada de 2003, foi aclamada pela crítica como uma das performances mais virtuosas e, desde então, tem sido um convidado frequente na Filarmônica Nacional Polaca de Varsóvia. Outras participações notáveis incluem festivais em Ravello, Bratislava, e Festival de Música do Kremlin, em Moscou, e em 2005, ele foi membro do júri no Festival Internacional de Piano XXI Festival, em Bucaramanga, Colômbia. Jan Krzysztof Broja goza de uma agenda lotada como solista na Polônia e no estrangeiro, realizando, ocasionalmente, duo com Andrzej Bauer, um dos violoncelistas mais importante da Europa. Colaborou como consultor musical da produção da Academia de Roman Polanski, no premiado filme O Pianista..
Seu CD gravado é :Szymanowski, K.: Symphonies Nos 1 e 4 / Concert Overture / Study in B flat minor (Filarmônica de Varsóvia, Wit).
Além do 2010-Ano Chopin, Brasil e Polônia comemoram 90 anos do estabelecimento de suas relações diplomáticas e também o Consulado Geral da Polônia em Curitiba, a primeira representação diplomática da Polônia independente aberta no exterior.
A abertura do 2010-Ano Chopin em Curitiba é uma iniciativa do Consulado Geral da Polônia em Curitiba, em parceira com o ICAC- Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba.
Postar um comentário