quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Auschwitz - Mentor do roubo é sueco

Foto: Mateusz Skwarczek

Foi um sueco que planejou e organizou o roubo da placa com a inscrição "Macht frei Arbeit", do Museu do Campo de Concentração e Exterminação Alemão nazista Auschwitz, na cidade polaca de Oświęcin (ochvientchin). Os mentores do roubo foram ajudados por polacos imigrantes que vivem na Suécia. Esta é a conclusão a que chegaram os investigadores da promotoria regional de Cracóvia, encarregada do caso, segundo informou o promotor Artur Wrona.
Para o promotor, o sueco Anders H. e um emigrante de origem Balcânica, Vladimir Z. foram os responsáveis intelectuais do roubo. Para os dois será emitido um mandado de detenção europeia
Anders H. fez o reconhecimento no local com a ajuda do polaco Marcin A. Há divergências quanto à data da visita ao campo feita pelso suspeitos. De acordo com uma versão a visita se deu no outono de 2008, enquanto uma segunda versão aponta o ano de 2009.
Os investigadores não quiseram confirmar se o sueco é de uma organização neonazista. "Extraoficialmente, ficamos sabendo que o homem que no passado foi associado a grupo de nazistas.", informou Wrona.
Os investigadores também revelaram que eles querem mudar as acusações contra cinco suspeitos, que estão agora em prisão preventiva Cracóvia, todos polacos da região Norte do país. Auschwitz fica no Sul da Polônia. Caso sejam mudadas as acusações, os suspeito podem ser condenados a dez anos de prisão.
Postar um comentário