segunda-feira, 1 de março de 2010

Heroína polaca em Vancouver

Foto: Kuba Atys

Claro que as Olimpíadas de Inverno, que se realizaram em Vancouver, no Canadá, não poderiam acabar sem um feito extraordinário da Super Justyna. A bela polaca é umas das atletas mais perfeitas do mundo. A prata que havia ganho há uma semana não fazia juz à sua perfomance. A medalha de ouro deste sábado, na a prova de esqui corta-mato de 30 quilômetros, só restabeleceu a ordem no panteão dos heróis e heroínas como ficou muito mais bonito com Justyna Kowalczyk.
A esquiadora polaca já era campeã mundial da modalidade, e conquistou o ouro ao disputar com a norueguesa Marit Bjoergen, nos momentos finais da pista de Whistler. A norueguesa já tinha conquistado três medalhas de ouro nos Jogos. Justyna ainda ganhou outras duas medalhas. Sai de Vancouver com 4 medalhas no peito. Fazendo companhia a ela, o herói nacional, em fim de carreira, o tetracampeão mundial, Adam Małysz, ganhou duas de prata, e Tomasz Sikora, uma verdadeira surpresa, ganhou uma de bronze.
Segundo, Piotr Nurowski, chefe do Comitê Olímpico Polaco, os vencedores ao chegarem em casa, receberam como prIemio adicional as importâncias: 250 mil złoty pela medalha de ouro, 150 mil pela de prata e 100 mil por cada uma de bronze para Jutyna Kowalczyk, 300 mil pelas duas de prata para Adam Małysz e 75 mil zł para cada um da equipe que ganhou a de bronze.
Postar um comentário