segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Pianista Lisak se apresenta em Curitiba


Na 31ª Oficina de Música de Curitiba, o concerto deste dia 10 de janeiro, na Capela Santa Maria é com a pianista polaca Magdalena Lisak. Às 20 horas. Ingressos a R$ 30 e R$ 15 reais.

No programa do concerto ela executará:
Fryderyk Chopin – Grande Valse Brillante em Mi bemol maior Op. 18, Ballade em Lá maior Op. 47, Berceuse Op. 57, 
Karol Szymanowski – 4 Etudes Op. 4,
 Claude Debussy – Etude pour le cinq doigts, Images, L’ isle joyeuse

Lisak foi agraciada com o sexto prêmio do XIII Concurso Internacional de Piano Fryderyk Chopin de outubro de 1995. Concorreu com 130 pianistas de 32 países.

Quem é
Magdalena Lisak nasceu em 13 de abril de 1971, em Katowice, na Silésia, ao Sul da Polônia. 
Em 1994, graduou-se com honras pela Academia de Música de Katowice, onde estudou piano com Andrzej Jasiński. 
No mesmo ano, depois de atingir as meias-finais da competição Géza Anda em Zurique, recebeu uma bolsa de estudos e continuou seus estudos na Escola Superior de Música em Zurique com Homero Francesch (1994-96) e na Musik-Akademie der Stadt Basel sob a direção de Krystian Zimerman (1996-98). 
Ela aperfeiçoou suas habilidades também em masterclasses com Wiktor Mierżanowa, Leon Fleisher, e no campo da música de câmara com membros do Quarteto Amadeus
 Desde cedo, ela ganhou prêmios em concursos nacionais e internacionais. Em 1992, ela recebeu o segundo prêmio no III Concurso Internacional Karol Szymanowski. Ela também recebeu o prêmio de melhor desempenho em composições de Karol Szymanowski.
A premiação no XIII Concurso Internacional de Piano Fryderyk Chopin abriu as portas para a artista nas mais prestigiadas salas de concertos do mundo. Ela já se apresentou na Suíça (incluindo quarto Stadt-Casino, em Basileia), Eslováquia, Bielorrússia, Itália, França, Romênia, Bulgária, Moldávia, República Tcheca (incluindo Praga Rudolfinum Municipal), nos Estados Unidos, Canadá, Japão (incluindo Hitomi Memorial Hall, em Tóquio), Taiwan e Polônia (em teatros filarmônicos, salões, academias, sociedades musicais). 
Lisak toca regularmente recitais, realiza concertos com orquestras e conjuntos de câmara. Tocando Chopin, ela já participou de festivais em Duszniki-Zdroj, Antonin, Nohant-La Chatre, Marianske Lazne, Genebra, Miami, assim como no Festival de Piano polaco em Slupsk, nos festivais de música contemporânea em Katowice, Cracóvia, Varsóvia e em Sófia. 
Magdalena Lisak em seu repertório inclui composições de Fryderyc Chopin, Franz Liszt, Franz Schubert, Maurice Ravel, Szymanowski, Claude Debussy, Pierre Boulez, e os compositores polacos Maria Szymanowska, Tekla Bądarzewskiej, Jadwiga Sarnecka, Halina Krzyżanowska e Helena Łopuska. Uma parte importante são as obras de Béla Bartók e Ligeti György. 
Suas interpretações foram gravadas pelo Deutsche Rundfunk, Radio Suisse Romande, Rádio Polska, Telewizja Polska e pela gravadora e editora fonográfica DUX Katowice. 
 É um membro da Fundação Regina Smendzianka e Sociedade Fryderyk Chopin de Varsóvia (1988, 1990, 1995). 
Realiza projetos de arte, sob a égide da Sociedade de Música da Silésia, da qual é fundadora e presidente. Magdalena Lisak desde 2008, é professora assistente de piano na Academia de Música de Katowice.
Postar um comentário