quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Vinho brasileiro em 400 pontos de venda na Polônia


Pela primeira vez na história do comércio da Polônia uma marca de vinhos do Brasil chega a alcançar distribuição nacional em seu território. Em apenas um ano e meio de trabalho com aquele país, a Vinícola Aurora já está presente em mais de 400 pontos de venda, entre as lojas das cinco maiores redes de varejo e mais 200 pontos de comércio especializado.
Nas cinco maiores redes varejistas da Polônia, os vinhos Aurora estão colocados com destaque em praticamente todas as lojas: AUCHAN (rede francesa com 31 lojas por toda Polônia), SIMPLY (que pertence ao grupo Auchan, com 39 lojas), PIOTR I PAWEL (é a rede high top da Polônia, com 93 lojas, em todas há uma ilha de vinhos da Aurora), MARCPOL (com 69 lojas no país, colocou vinhos Aurora em 48 delas com direito a ilhas de exposição em todas elas) E.LECLERC (rede francesa de 24 lojas).
O trabalho pró-ativo da maior vinícola do Brasil rumo a novas conquistas no mercado externo baseia-se em parcerias consistentes com empresas sólidas nos diferentes países.
Na Polônia, o contrato é com o mais tradicional importador-distribuidor daquele país, com 50 anos de história. “A partir de novembro teremos várias ilhas com nossos produtos nas cinco redes, para incentivar as vendas no final do ano”, revela Rosana Pasini, gerente de exportações da Vinícola Aurora. 
“Vamos iniciar 2014 com a maior distribuição de vinhos brasileiros na história da Polônia”, comemora Rosana, com a expectativa de dobrar a distribuição até o fim de 2014. “Estamos em negociações com mais redes polacas, por isso confiamos nesse crescimento no próximo ano”
Cooperativa Vinícola Aurora Visite o site: www.vinicolaaurora.com.br
 SAC: 0800 701 4555
 Matriz Bento Gonçalves (RS): (54) 3455-2000

P.S. Bento Gonçalvez, a capital do vinho brasileiro, em que pese toda a fama e marketing da colônia italiana, tem um comunidade polaca expressiva. Apesar dos vinhos da Aurora serem de descendentes de italianos, os vinhedos onde são produzidas as uvas são dos descendentes de imigrantes polacos....aliás toda a famosa serra gaúcha conhecida como italiana tem importantes comunidades polacas....em algumas cidades chega a ser maioria, como Veranópolis (terra do goleiro Acácio do Corinthias e do técnico Mano Menezes) São Marcos (capital brasileira dos caminhoneiros), Caxias do Sul, Nova Prata, Farroupilha....estão entupidas de polacos e não só de italianos.
Postar um comentário