terça-feira, 7 de outubro de 2014

Prefeitos devem ser reeleitos na Polônia

Prof dr. hab Jacek Majchrowski poderá se reeleger pela quinta vez prefeito de Cracóvia
Segundo o jornal Rzeczpospolita de Varsóvia informa que os polacos não pretendem grandes mudanças nas eleições previstas pra o próximo dia 11 de novembro na Polônia.

Os eleitores das maiores cidades polacas pretendem manter no cargo seus prefeitos. Pelo menos é o que expressa uma pesquisa publicada hoje no Rzeczpospolita realizada pelo Instituto de Ciências Sociais e Pesquisa de Mercado (IBRiS) com 500 pessoas de um amostra representativa.
Na capital, por exemplo, os varsovianos querem reeleger a prefeito Hanna Gronkiewicz-Waltz para um terceiro mandato, já no primeiro turno, com 51 por cento dos votos. O segundo colocado até aqui, o deputado do PiS Jacek Sasinowi está apenas com 17 por cento
O IBRiS informa que a  estimativa de erro é de até 4 por cento. Isto significa que ainda não é possível confirmar os 51 por cento de Gronkiewicz-Waltz.
Os pesquisadores também perguntaram sobre as preferências de voto dos residentes de Cracóvia, Łódź, Poznań e Gdańsk.
Também nestas cidades, a população quer manter seus prefeitos no cargo. Embora os presidentes dessas cidades (exceto Łódź) estejam no governa há pelo menos dois mandatos, basicamente eles não tem rivais.
Especialistas argumentam que os prefeitos em exercício são fortes pela fraqueza dos seus rivais. Não há líderes de oposição. De acordo com Anna Materskiej-Sosnowska do Instituto de Ciência Política pesa a favor dos atuais prefeitos suas altas visibilidades, o que se traduz em popularidade. "Eles estão com mais instrumentos nas mãos durante esta campanha."

Podem vencer já no primeiro turno das eleições municipais os prefeitos de:
Wrocław:   Rafał Dutkiewicz - 59 por cento.
Varsóvia:   Hanna Gronkiewicz-Waltz - 51 por cento.
Gdańsk:   Paweł Adamowicz - 46 por cento
Cracóvia:   Jacek Majchrowski - 40 por cento
Łódź:   Hanna Zdanowska - 39
Poznań:   Ryszard Grobelny - 38 por cento


Jacek Maria Majchrowski, prefeito de Cracóvia desde 2002, é professor universitário, advogado, historiador. Nasceu, na cidade vizinha de Sosnowiec, em 13 de janeiro 13 de 1947. Se eleito, será a quarta vez consecutivamente, prefeito da segunda maior cidade do país,
Postar um comentário