quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Morreu Irena Los, uma heroína polaca, em Londrina

A sargento da Armja Krajowa Irena Los
Faleceu em Londrina a senhora Irena Los.
Sargento da Armia Krajowa participou do Levante de 44 em Varsóvia.
Condecorada pela República da Polônia.
Quando a Polônia foi atacada, Irena Los tinha 17 anos. Ela viu os alemães entrarem na cidade. Como as escolas fechadas no município onde morava, decidiu se mudar para Varsóvia e fazer um curso técnico, apesar da guerra.
Ela contava que “certa vez fui à estação e vi muitos judeus entulhados em vagões e com panelinhas de água nas mãos. Eles as abanavam e pediam ajuda. Eu sabia que, se fosse ajudá-los na estação, seria fuzilada na hora”.
Segundo Irena, sua irmã fazia parte da conspiração contra os alemães. Com o tempo, tomou coragem e começou a reagir. Irena aderiu ao levante: era responsável por comandar uma patrulha de socorristas sanitários.
Mas não durou muito e os alemães aprisionaram todos os revolucionários de Varsóvia. Irena foi foi levada a um campo de prisioneiros. Ficou lá até a chegada do exército inglês.
Ao ser solta, soube que o pai, que tinha ficado em Varsóvia, havia morrido, provavelmente fuzilado com outros intelectuais no teatro da cidade.
Ao final da guerra foi para a Itália, onde conheceu o futuro marido. Casou com ele, na Inglaterra e emigraram para o Brasil. Viveram algum tempo no Rio de Janeiro e acabaram se mudando para Londrina no Paraná. Com a morte do esposo, veio para Curitiba, morar com uma das filhas, no bairro Alto da XV.
Postar um comentário