sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Aberto o Ano Chopin em Varsóvia

O virtuoso Lang Lang - Foto: Jakub Ostałowski

Em Varsóvia, na noite de ontem, foi aberto oficialmente o 2010 - Ano Chopin na Polônia. No Teatro da Filarmônia Nacional e com a presença do presidente da República Lech Kaczyński, o virtuoso do piano, o chinês Lang Lang elevou a música de Fredyryk Chopin a um nível poucas vezes ouvida desde a morte do genial compositor polaco.
O desempenho de Lang Lang, em Varsóvia, foi limitado a poucos minutos, mas o Larghetto no meio do Concerto em Fá menor de Chopin deu a impressão de que a música estava flutuando suavemente no ar. O som tocado maravilhosamente e de forma delicada, cheio de poesia foi de uma doçura misturada com nostalgia. Foi sem dúvida a criação de mais alto nível executada pelo "top" absoluto do pianismo mundial.
Não houve escassez de momentos bonitos, aliás, todo o desempenho, mesmo que no final do concerto de Chopin, Lang Lang tenha tocado num ritmo impressionante, não perdeu uma única nota. O chinês Lang Lang é um grande pianista, e para quem nem mesmo a parte mais difícil não foi difícil. Tão deslumbrante pela sua leveza técnica que outros só podem invejá-lo.
A idéia interessante da inauguração do ano na Polônia com a "Missa Solemnis" de Liszt (amigo do compositor polaco é completamente diferente do humor - bruto e destituído de virtuosismo) foi do diretor da Filarmônica Antoni Wita.
O coro da Orquestra Filarmônica deu uma interpretação compacta e expressiva com seus irrepreensíveis solistas: Joanna Kozłowska, Ewa Wolak, Ryszard Minkiewicz e Jarosław Bręk.
Postar um comentário